A Toca

Temporadas: 1
Gênero: Comédia e Mockumentary
Episódios: 3

Apesar do Netflix não ser nenhuma novidade no território brasileiro, mas parece que não foi até muito recentemente que ele descobri que, sim, também existem produtoras de conteúdo no Brasil! Ó...
Enfim, eu imagino que eles não queriam errar muito logo na sua primeira série, então, . Contrataram a rede "Parafernalha" para fazer esse seriado. O canal deles é o terceiro maior no youtube brasileiro (com mais de 3,3 milhões de inscritos e contabiliza mais de 204,92 milhões de visualizações. Além do mais, ainda contam com um chefe-celebridade, o Felipe Neto - um dos grande pioneiros do youtube brasileiro.
A série "A Toca" - Apelido carinhoso que a equipe do Parafernalha deu ao seu escritório - foca ficcional no dia-a-dia da produtora audio-visual totalmente voltada para o conteúdo virtual.
Entretanto, o resultado pode não ter sido tão seguro quanto os empresários do Netflix esperavam.

A equipe
Com já disse antes, essa produtora está acostumada a produzir vídeos de, aproximadamente, 5 minutos para o Youtube, por isso já era de se esperar que eles tivessem uma certa dificuldade com a linguagem de um programa de quase meia hora. O que realmente interferiu nesse quesito foram as esquetes eram distribuídas aleatoriamente pelos episódios sem ter nada relacionado ao que estava acontecendo.
Ao meu ver, eles ficaram muito na dúvida se mostravam uma realidade muito escrachada de vez ou se eles faziam só um documentário com algumas gracinhas. E esse foi o fato que mais os prejudicou.
Na questão dos personagens, os únicos que cativam só o Osiris e o Maracujá, pois são os únicos personagens que tem personagens bem delimitados - sendo o sério e o engraçadinho inconveniente, respectivamente. Me surpreendi por não ter gostado do Felipe Neto, pois sou muito fã dele, mas ele acabou ficando meio sem-sal interpretando o chefe que tenta manter a ordem, mas ser descolado ao mesmo tempo (Não quero comentar a triste cena em que ele está sozinho no escritório brincando de Harry Potter... Por mais que isso seja algo que eu varia, esse já é um humor meio batido.)

De longe, a esquete mais genial do seriado.
Apesar de tudo que falei sobre o programa em si, quero falar que admiro muito a iniciativa do canal.
Afinal, que tipo de sociedade nós estamos vivendo em que ninguém mais pode errar? Estamos matando lentamente o experimental porque parece que ninguém mais consegue ver uma coisa "Mais ou menos"ou ver os pontos positivos em uma obra que não se aproximou tanto assim do ideal.
O fato é que nos dias de hoje, todos só querem saber de criticar. Independente do filme ser o novo "Star Wars" ou "Pulp Fiction". Se nunca cometermos, é porque nunca tentamos. Sabe, e depois as pessoas ainda reclamam de como tudo hoje em dia é "Clichê" ou que "Tudo antigamente era mais original". Como se elas não fossem tão - senão mais- culpadas por este fato quanto os produtores de conteúdo.
Quero dizer, esse foi o primeiro seriado brasileiro produzido diretamente para o Netflix! Sem falar que, provavelmente, também está no grupo das web-séries nacionais pioneiras. Ninguém caga de um dia para o outro um seriado perfeito, você vai trabalhando aos poucos, sempre melhorando no que você pode.
Então, posso dizer que estarei esperando ansiosamente para ver a próxima temporada, sabendo que eles terão melhorado os aspectos necessários, sem nunca deixar de tentar.


Nível de Fangirl:


Don't Keep Calm


6 comentários

  1. Sou fã do Felipe desde sempre e fiquei muito feliz pela conquista que ele teve através da net. Inclusive, comprei e adorei o livro dele, fiquei muito feliz por ele ter escrito um.
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda não li o livro dele, mas estou curiosa para saber como ele deve ser.
      Beijos

      Excluir
  2. Eu não curto muito o Felipe, mas parece criativo!
    http://zombieesvg.blogspot.com.br/**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seriado é legalzinho, mas esperava mais
      Beijos

      Excluir
  3. Ah, ainda não vi A Toca, mas o pessoal do parafernalha é legal! Vou ver, vou ver..

    Beijo
    fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ainda não assisti e nem vejo muito o Parafernalha, mas os que vi eram engraçados sim. Gostei dessa iniciativa, acho que precisamos mesmo investir em produções nacionais :)

    Beijos
    literaturizei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
It's Fangirl Time - All rights reserved © Design por Beatriz Nathaly